• FB22
  • Dinamica108
  • Leo Lanches65

PUBLICIDADE
05/01/2018 21h40

Milho enfrenta estoque de 2,3 milhões de toneladas e queda recorde de preço

"É um estoque de passagem muito alto", avaliou o consultor da Granos, Carlos Ronaldo Dávalos. De acordo com ele, o volume não atingiu 1 milhão de toneladas.

Por Grande FM


Tendência de redução de preços é provocada por início de colheita em outros estados

Com superestoque nos armazéns e com aumento da oferta por outros estados, o milho sul-mato-grossense, que já apresenta trajetória de queda, deve depreciar ainda mais neste início de ano. Em 12 meses, a redução nos preços chega a 21% em Mato Grosso do Sul e estão estocados o volume recorde de 2,3 milhões de toneladas do grão. Os dados são da Granos Corretora.

 

"É um estoque de passagem muito alto", avaliou o consultor da Granos, Carlos Ronaldo Dávalos. De acordo com ele, o volume não atingiu 1 milhão de toneladas.

 

A quantidade expressiva de milho estocado é contabilizada em momento que os preços caem acentuadamente. Conforme histórico da Granos, a queda chega a 21% – é o caso de Campo Grande, com cotação atual da saca de 60 quilos a R$ 22,50 e, no dia 3 de janeiro de 2017, a R$ 28,50.

 

Outras praças também apresentam valores menores para a saca de 60 quilos do milho. As variações são as seguintes: Caarapó (-20,68%, de R$ 29 para R$ 23), Chapadão do Sul (-16,36%, de R$ 27,5 para R$ 23), Dourados (-15,51%, de R$ 29 para R$ 24,50), Maracaju (-17,85%, de R$ 28 para R$ 23), Ponta Porã (-19,64%, de R$ 28 para R$ 22,50), São Gabriel do Oeste (-16,6%, de R$ 27 para R$ 22,50) e Sidrolândia (-16,07%, de R$ 28 para R$ 23,50).

 

Os preços devem cair ainda mais com o início das colheitas em outros estados. De acordo com Dávalos, São Paulo e os estados do Sul começam a colher milho na segunda quinzena deste mês. "Até então Mato Grosso do Sul estava vendendo a esses estados", enfatizou o consultor.

 

Outro problema é o aumento do custo, especificamente o relativo ao frete. "Com a colheita de soja, o frete vai encarecer", observa Dávalos.





Comentários



Atenção: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Laguna Informa. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Laguna Informa poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.


enquete

Quem será o campeão do Brasileirão 2017?

  • Corinthians - SP
  • Palmeiras - SP
  • Santos - SP
  • Grêmio - RS


PUBLICIDADE
  • Pax Primavera102
  • Dinâmica e solução tecnologias103
PUBLICIDADE PUBLICIDADE