Aceitar ser consolado por Deus nos traz a cura.



Amados amigos... O livro: “365 dias com o Senhor – Louvor diário com os salmos”, do autor: Gwen R. Shaw, lançado pela editora: Edições Logos – 42ª edição – Na sua página: 216/217 por meio do Salmo 77,1-5, nos leva ler, refletir e a escutar o que Deus tem a nos dizer com sua leitura e palavra.

 Vejam só que lindo o que Ele (Deus), nos fala e faz entender: Hoje no terceiro dia do mês de julho do ano de dois mil e dezenove, Deus vem falar conosco e dirige ao nosso coração palavras de consolo e cura. Vejamos o que Ele nos fala por meio de sua palavra: O próprio Deus nos pede para não recusarmos a graça da consolação que Ele nos dá.

O nosso Deus que é Pai nos diz que devemos com Ele, carregar a nosso cruz de cada dia e para Ele entregar as nossas dores, acreditando no consolo divino e se dispondo a acolher o abraço curador que Deus está sempre pronto a nos oferecer.

É fundamental e extremamente necessário que possamos tomar consciência de que ao nos deixarmos e aceitarmos sermos consolados (as) por Deus, cremos e nos permitimos tomar posse da cura que Deus nos proporciona por meio da sua consolação que nos é tão necessária, levando em conta, os sofrimentos e as dores as quais passamos diariamente.

A certeza que por meio da graça da consolação divina é que obtemos a cura que tanto a humanidade precisa, é sabermos e acreditarmos fielmente na misericórdia infinita e no amor eterno de Deus para conosco, que permite a nós sermos consolamos, amados e sobretudo, curados, onde realmente necessitamos.

Vejo que o primeiro passo para toda e qualquer cura em nosso caminhar e viver de cristão, é: querer, ajudar-se, deixar ser ajudado, acreditar e acolher a vontade que Deus tem de nos fazer feliz.

O fato de colocarmos tudo nas mãos de Deus, entregarmos tudo aos pés da Cruz de Jesus Cristo, nos traz força, esperança, alegria e fé para superarmos e vencermos toda e qualquer situação de dificuldade.

Sabe por que? Porque por meio de nosso batismo, o próprio Deus que é em uma só pessoa: Pai, Filho e Espirito Santo, nos faz filhos amados e queridos Dele, nos garantindo a certeza da vitória, caminhando conosco todos os dias de nossas vidas.

 – Assim, Ele nos consola, oferecendo conforto e nos envolvendo com a sua graça, misericórdia e amor que são os meios mais lindo e eficazes usados por Ele, para nos conceder as “curas” que buscamos e precisamos dia após dia, para que desta maneira sejamos e possamos agir como pessoas melhores, fazendo do mundo um lugar muito melhor e mais bonito de se viver.

Por fim, com essa reflexão que Deus nos possibilita por meio de sua palavra neste dia, Ele nos pede amorosamente como um Pai: “Bem-amado, traz até mim tuas dores, sofrimentos e mágoas. Eu te curarei.

O inimigo de tua alma quer que passes a vida na penúria. Não lhe dês ouvidos, e vem a mim agora. Essa ferida purulenta será curada, e não deixará nenhuma cicatriz. Com contrário não serás jamais curado.” Atentamos o pedido de Deus e nos deixemos amar e curar por Ele, onde necessitamos. Afim de que vimamos melhor, mais intensamente e inteiramente mais felizes! O dia é hoje, a hora é agora. Eu quero e acredito.

E você? Que Deus nos abençoe e que Maria Santíssima, nos ajude a caminhar e viver a vontade e os planos Dele para nós e em nossas vidas, sempre.

Tiago da Silva Vasques.


COMENTÁRIOS


  • Dinâmica e solução tecnologias9
  • Pax Primavera10