Estudante de MT que cursava medicina em PJC morre P. PORÁ de dengue hemorrágica



Um jovem brasileiro de 23 anos, que cursava medicina em Pedro Juan Caballero no Paraguai, faleceu nesta terça-feira (25/6) com suspeita de dengue hemorrágica. Carlos Fernando Resende Carmo passou mal na cidade paraguaia logo cedo e buscou atendimento num hospital de Ponta Porã em Mato Grosso do Sul onde infelizmente veio a óbito.

Segundo a família, o estudante estava se preparando para retornar ao Brasil para passar as férias com a família. Na segunda-feira, ele ligou avisando que retornaria na terça-feira a Barra do Garças. Só que Carlos acordou com mal-estar, febril e logo apareceram algumas manchas pelo corpo. Ele ligou e avisou a família e imediatamente procurou atendimento médico.

Os médicos preliminarmente diagnosticaram como dengue hemorrágica e entraram com a medicação necessária e o entubaram na expectativa de salvar a vida do rapaz. Todavia, Carlos não resistiu e faleceu por volta do meio-dia. O acadêmico é filho do Clever Carmo e da Maiza Resende, de famílias conhecidas em Barra do Garças.

O pai, Clevinho, chegou a deslocar de avião para Ponta Porã com intenção de ajudar o filho, mas quando chegou lá recebeu a notícia sobre a morte dele.

Carlos cursava o quinto ano de medicina. Ele é sobrinho da secretária de saúde de Barra do Garças, Clênia Monteiro e do empresário Munir, da Garagem Veículos.

Munir informou que o corpo do estudante está vindo num carro funerário e deve chegar por volta das 8 horas da manhã de quarta-feira (26/6) e será velado na Câmara Municipal de Barra do Garças.

 

*Araguaianoticia


COMENTÁRIOS


  • Dinâmica e solução tecnologias9
  • Pax Primavera10