• Câmara Municipal2
  • Dinamica3

Governo negocia contrato de R$ 165 milhões para Banco do Brasil gerir folha salarial

Pagamento do novo acordo seria feito mensalmente, ao invés de em parcela única


Por Midiamax

Reinaldo Azambuja durante agenda pública. (Foto: Richelieu Pereira)

O Governo de Mato Grosso do Sul negocia um contrato para receber aproximadamente R$ 165 milhões do Banco do Brasil para a instituição financeira continuar a administrar o pagamento da folha de servidores estaduais ativos, aposentados e pensionistas. A informação é do governador Reinaldo Azambuja (PSDB), que afirmou ainda estar em negociação.

“Nós estamos praticamente fechado o contrato de renovação com o Banco do Brasil e aí nós vamos assinar um novo contrato”, revelou Reinaldo, durante agenda nesta quinta-feira (22). “A estimativa deve ficar perto de R$ 165 milhões. É o que nós estamos discutindo, não está batido o martelo ainda”.

O chefe do Executivo destacou que deve haver mudança no pagamento do contrato do banco estatal para o governo, que deve ser realizado mensalmente durante a vigência do novo acordo, e não em parcela única, como era anteriormente.

“Agora estamos definindo as cláusulas de competência e compromisso do Estado e do Banco do Brasil”, complementa Reinaldo.

Nesta quinta, foi publicado no Diário Oficial do Estado um aditivo de 30 dias ao contrato atualmente vigente e permitir o regular processamento da folha de pagamento dos servidores, sem o pagamento de qualquer contrapartida pelo banco, enquanto durar a prorrogação extraordinária.


COMENTÁRIOS


  • Dinâmica e solução tecnologias9
  • Pax Primavera10