• Câmara Municipal2
  • Dinamica3

Administrador de fazenda é sequestrado e executado na fronteira


Por Dourados News

Fotos: PorãNews

Foi identificado como Norberto Benitez Caballero, de 38 anos, o homem sequestrado na noite de ontem (5), e que durante a madrugada desta segunda-feira (6), por volta das 5h, fora encontrado morto. Segundo o site Porã News, ele era administrador da fazenda Cerro Pero do Grupo Sofia, do presidente do Paraguai, Horácio Cartes, situada na colônia Fortuna Guazu no Estado de Amambay. 

O sequestro, ainda conforme o portal, aconteceu próximo ao Aeroporto Internacional Dr. Roberto Fuster de Pedro Juan Caballero. Informações preliminares apontam que a vítima teria sido torturada antes de ser assassinada. 

Norberto teve as mãos cortadas e o rosto queimado. O corpo foi encontrado em uma S-10 também queimada, a 15km da fronteira.

De acordo com os investigadores, a vítima poderia ter sido torturado pelos sequestradores que após conseguir as informações o teriam executado e queimado a camioneta utilizada para o sequestro.

O médico Cesar Gonzalez, disse, segundo o Porã News, que a vitima sofreu asfixia mecânica e queimaduras nos ombros, tórax, braços e costas e tinha a cabeça coberta por um plástico, além de apresentar cortes pelo corpo e disparos de arma de fogo na altura do pescoço e cabeça. 

A execução teria ocorrido há mais ou menos 8h. 



  • Dinâmica e solução tecnologias9
  • Pax Primavera10