• Câmara Municipal2
  • Dinamica3

Ocorrências de violência contra a mulher em Laguna Carapã teve queda em 2018


Por Da Redação

Foto: Imagem Ilustrada

O município de Laguna Carapã registrou queda em quase todos os crimes relacionados à violência contra a mulher, regidos pela Lei Maria da Penha, em 2014.

O números de ameaças e lesão corporal teve uma grande redução, foram 6 registros, neste ano de 2018, em comparação com 2017, quando foram registradas 21 ocorrências, estes dados foram registrado do dia 01 de janeiro de 2018 e até a data de hoje, na delegacia de Laguna Carapã – MS.

Ao ser entrevistado, recentemente pelo Laguna Informa, o novo Delegado da Polícia Civil de Laguna Carapã, Erasmo Bruno de Mello, falou da necessidade de um bom trabalho com relação a esta problemática, “A violência doméstica cresce em todo o Mato Grosso do Sul, em boa parte porque as próprias mulheres estão registrando as ocorrências quando antes se mantinham muito apenas nos ambientes familiares, elas estão rompendo com a cifra negra. A saída será investir, fortemente, na realização de atividades formativas no sentido da prevenção, porém quero deixar claro que haverá rigidez na atuação, pois a violência doméstica não expõe apenas a mulher, mas causa sofrimentos e desestrutura em toda a família”. Disse ele.

Foto: Divulgação

Em Laguna Carapã, o Departamento de Esporte e Lazer vai realizar o 2º Torneio “Agosto Lilás” no Futsal, as disputas ocorrerão nos dias 11 e 12 de agosto e, também, torneio de Voleibol nos dias 25 e 26 de agosto no Ginásio Agenor Nava.

As inscrições já podem ser feitas a partir do 10 de agosto, na secretaria do ginásio, só lembrando que é apenas para as mulheres.

Esse torneio é uma forma de chamar atenção da sociedade para a questão da violência contra a mulher e a importância de denunciar o agressor, este é o segundo ano em que as autoridades de Laguna Carapã, chamam atenção da população, se valendo desta e de outras estratégias.

No ano passado, a Secretária de Assistência Social, Trabalho e Habitação com apoio do Governo do Estado, comandado pela primeira dama e secretaria Vera Bilibio, junto com demais colaboradores, fizeram conscientização com faixas e cartazes com frase “Violência contra a Mulher É CRIME. DENUNCIE!”, mostrando para sociedade a importância desse dia e que ocorre em todo pais. O evento contou com presença de várias mulheres, e passou por alguns pontos da cidade, e fechou com primeiro torneio “Agosto Lilás”.

História da Lei.

A Lei Maria da Penha, denominação popular da lei número 11.340, de 7 de agosto de 2006. Ela foi vítima de violência doméstica durante 23 anos de casamento. Em 1983, o marido por duas vezes, tentou assassiná-la. Na primeira vez, com arma de fogo, deixando-a paraplégica, e na segunda, por eletrocução e afogamento.

Após essa tentativa de homicídio ela tomou coragem e o denunciou. O marido de Maria da Penha só foi punido depois de 19 anos de julgamento e ficou apenas dois anos em regime fechado, para revolta de Maria com o poder público.

Denúncia A mulher que se sentir ameaçada deve procurar a Policia Civil de Laguna Carapã, para registrar o ocorrido, a delegacia fica na Avenida Brasil, nº825, no centro, ou ligar no número (67) 3438-1493.



  • Pax Primavera10
  • Dinâmica e solução tecnologias9