• Câmara Municipal2
  • Dinamica3

Caminhoneiros dizem que greve em Dourados não terminou

Eles alegam que vão continuar lutando contra a alta do óleo diesel e não aceitam a proposta do governo federal.


Por Dourados News

Os motoristas estão nas rodovias de Dourados desde o último dia 21 (Foto: Sidnei Bronka)

Depois que a 94FM anunciou sobre o término da greve dos caminhoneiros em Dourados na manhã desta terça-feira (29), após receber a informação de um dos líderes do movimento, vários motoristas que participam do protesto na cidade falaram que o ato não encerrou. Eles alegam que vão continuar lutando contra a alta do óleo diesel, e não aceitam a proposta do governo federal. 

Porém, outros caminhoneiros informaram que decidiram encerram o protesto na manhã desta terça-feira (29), durante uma reunião, já que as reivindicações junto ao governo federal foram atendidas. O chefe da Polícia Rodoviária Federal de Dourados, Waldir Brasil, também confirmou à 94FM sobre a decisão dos caminhoneiros em encerrar a greve.  

Os motoristas estão nas rodovias de Dourados desde o último dia 21, querendo a redução do valor do litro do diesel. Durante esse tempo, em torno de 800 caminhões ficaram parados no município, e nos bloqueios, em torno de 300.  

Propostas do governo

O presidente Michel Temer anunciou na noite deste domingo (27) algumas medidas para tentar por fim à greve dos caminhoneiros que dura nove dias no Brasil. Entre as propostas anunciadas está a redução de R$ 0,46 no preço do óleo diesel por 60 dias e a isenção de pagamento de pedágio para eixos suspensos de caminhões vazios. 


COMENTÁRIOS


  • Pax Primavera10
  • Dinâmica e solução tecnologias9