• Câmara Municipal2
  • Dinamica3

Odebrecht entrega nota de pagamento a filme sobre Lula


Por gp1

A Polícia Federal, por meio da Operação Lava Jato, está investigando o financiamento do filme “Lula, o filho do Brasil”, que conta a história do ex-presidente da república Luiz Inácio Lula da Silva. Segundo a Veja, o empreiteiro Marcelo Odebrecht entregou para a PF uma nota fiscal que comprova o pagamento de R$ 250 mil para o financiamento do filme.

O filme sobre o ex-presidente foi lançado no dia 1º de janeiro de 2010 e teve um custo de produção de R$ 12 milhões. No documento apresentado pelo empreiteiro, a nota fiscal de nº 2930 tem a data de vencimento de 4 de maio de 2009 e consta como uma “Cota de patrocínio da obra intitulada Lula, o filho do Brasil”, emitida pela produtora Filmes do Equador, do cineasta Luiz Carlos Barreto.

“O colaborador (Marcelo Odebrecht) também está comprometido a identificar, no âmbito da pesquisa que fará nos registros constantes do seu computador, todos aqueles documentos e informações que possam ser úteis à elucidação deste e de outros fatos investigados”, afirmou a defesa de Marcelo Odebrecht.

Marcelo é um dos principais delatores da Lava Jato e, atualmente, cumpre prisão domiciliar. Em dezembro, quando foi ouvido pela Polícia Federal, ele manifestou que iria colaborar nas investigações sobre o financiamento do filme.

Segundo a Veja, o cineasta Luiz Carlos Barreto negou influência da Odebrecht no filme e explicou que chegou a negar pedido para que o nome da empesa não aparecesse nos créditos. “Houve uma solicitação para que não incluíssemos o nome da empresa nos créditos do filme e dos materiais publicitários, condição essa que não foi, por nós, aceita”, afirmou.



  • Pax Primavera10
  • Dinâmica e solução tecnologias9