• Câmara Municipal2
  • Dinamica3

Barcelona e Liverpool se acertam, e Coutinho é vendido por R$ 620 mi


Por Folhapress

Philippe Coutinho já está de malas prontas para o Barcelona - Foto: Divulgação

O Liverpool acertou a venda de Philippe Coutinho para o Barcelona por 160 milhões de euros (R$ 620 milhões). O meia viaja para a Espanha ainda neste sábado (6) para finalizar os detalhes da transação, que envolve o pagamento de 120 milhões de euros à vista e outros 40 milhões conforme variáveis estipuladas em contrato. O anúncio oficial ainda não foi feito porque os catalães aguardam os exames médicos.

Pelo novo clube, Coutinho assinará vínculo de cinco anos, mas não poderá jogar a Liga dos Campeões nesta temporada -ele já disputou a competição pelo Liverpool. Até a Copa do Mundo, portanto, o jogador será utilizado somente no Campeonato Espanhol, que o Barça lidera, e na Copa do Rei, na qual a equipe está nas oitavas de final.

Coutinho abriu mão de 10 milhões de euros para ir para o Barcelona. O valor corresponde a uma bonificação que seria paga a ele pelos ingleses. O iraniano Kia Joorabchian e o brasileiro Giuliano Bertolucci, representantes do clube espanhol nas tratativas, negociaram neste sábado (6) com a diretoria do Liverpool na Inglaterra. Eles estão no país desde quinta-feira.

Após aceitar a saída do atleta, o Liverpool retirou as camisas do jogador de suas lojas oficiais na Inglaterra. O brasileiro vestia a camisa 10 na equipe de Merseyside. O seu número no Barça ainda não foi confirmado.

Assim que o Barça fizer o anúncio oficial, vai encerrar uma das maiores novelas do futebol europeu dos últimos meses e garantirá a terceira maior transação da história, atrás somente de Neymar, que custou 222 milhões de euros ao PSG, e Mbappé, que está por empréstimo no mesmo clube e será adquirido em julho por 180 mi de euros.

O Liverpool resistia em abrir negociação pelo jogador e o técnico Jürgen Klopp se recusava a comentar a possível saída de seu principal destaque, mas a insistência dos catalães e o desejo do atleta de sair acabaram sendo fatores decisivos.

No início da temporada europeia, no meio do ano passado, Coutinho chegou a ficar de fora dos primeiros jogos do Liverpool enquanto o Barça investia para tentar contratá-lo. O cenário se repetiu recentemente, com o jogador desfalcando o time inglês nos dois últimos jogos. Nas duas ocasiões, o clube alegou problemas físicos para justificar as ausências do camisa 10.

Em janeiro do ano passado, Coutinho havia renovado seu contrato com o Liverpool até 2022 e recebido aumento salarial. A equipe, agora sem seu principal armador, ocupa atualmente a quarta colocação do Campeonato Inglês e está nas oitavas de final da Liga dos Campeões, em que vai enfrentar o Porto.


COMENTÁRIOS


  • Pax Primavera10
  • Dinâmica e solução tecnologias9