• Câmara Municipal2
  • Dinamica3

Romarinho marca, mas Real vira no sufoco e será rival do Grêmio na final


Por Folhapress

Lance de jogo da semifinal do Mundial entre Real Madrid e Al Jazira - Foto: Divulgação/Real Madrid

Foi no sufoco. Mas o Real Madrid conseguiu avançar para a final do Mundial de Clubes e será o adversário do Grêmio na final do próximo sábado (16), às 15h (de Brasília), em Abu Dhabi. Nesta quarta-feira (13), o time espanhol superou o Al Jazira, campeão dos Emirados Árabes Unidos, por 2 a 1, de virada.

O gol da vitória foi anotado aos 36min do segundo tempo por Gareth Bale, que havia acabado de entrar em campo. Cristiano Ronaldo fez o outro do Real.

O brasileiro Romarinho abriu o placar para o Al Jazira, que ainda teve um gol anulado por impedimento.


A vitória foi a mais apertada de um europeu em uma semifinal de Mundial desde 2007, quando o Milan fez 1 a 0 no Urawa Red Diamonds (JAP).

No sábado, o Real buscará o seu sexto título mundial, sendo o terceiro no atual formato. Além disso, defende a conquista do ano passado no Japão.

O Real massacrou o Al Jazira durante todo o primeiro tempo, com 17 chutes ao gol e só não construiu uma goelada graças à ótima atuação do goleiro Ali Khaseif.

Ele fez seis defesas importantes em finalizações de Modric e Cristiano Ronaldo. Na mais impressionante, salvou à queima roupa uma cabeçada do português. Na sequência, a bola bateu na trave.

O time espanhol ainda teve um gol anulado pelo sistema de árbitro de vídeo, após ser validado inicialmente. No lance, aos 30min, Casemiro cabeceou e o goleiro nem chegou perto da bola. Porém, o árbitro brasileiroSandro Meira Ricci foi avisado de um impedimento de Benzema no lance. Ele revisou a jogada em um monitor ao lado do campo e optou pela anulação.

Apostando nos contra-ataques, o Al Jazira chegou ao gol aos 40min. O brasileiro ganhou na trombada de Nacho, tabelou com Boussoufa e tocou no canto esquerdo de Kaylor Navas. O gol foi comemorado pelo Corinthians no Twitter.

No início do segundo tempo, logo aos 2min, o Al Jazira teve um gol anulado pelo árbitro de vídeo, após o bandeirinha não ver impedimento. Em um contra-ataque veloz, Boussoufa apareceu sozinho para tocar a bola para a rede. Mas no momento do passe a arbitragem viu que estava à frente da linha da bola.

Aos 5min, o goleiro Ali Khaseif, que vinha sendo o destaque do jogo, não suportou as dores na coxa e foi substituído por Alsenaani. Dois minutos depois, Cristiano Ronaldo recebeu passe de Modric e empatou em 1 a 1.


A partir daí, o time espanhol voltou a massacrar e abusar de perder gols. Benzema primeiro parou no goleiro e depois duas vezes na trave.

Zidane perdeu a paciência com o francês e o sacou de campo aos 35min. Gareth Bale entrou e, no minuto seguinte, após uma bela troca de passes, finalizou para o gol. Cristiano Ronaldo ainda tentou tocar na bola, mas ela entrou sem bater no português. Depois disso, o Real só administrou o marcador.


COMENTÁRIOS


  • Dinâmica e solução tecnologias9
  • Pax Primavera10