• Câmara Municipal2
  • Dinamica3

‘Na frente do meu filho’: Ex-mulher de Naldo revela que também apanhava

Branka Silva participou do SuperPop na última segunda-feira (11)


Agências/GC

A ex-mulher de Naldo Benny afirmou que também foi vítima de agressões enquanto esteve casada com o cantor. Durante participação no programa SuperPop, na RedeTV!, Branka destacou que até o filho do casal, Pablo, foi testemunha das agressões que, segundo ela, eram frequentes.

"Sim [apanhava]. Meu filho presenciou. Eu nunca denunciei porque pensava no meu filho, ele era muito pequeno. O Naldo nunca me deixou marcada", contou a Luciana Gimenez. “Ele é doente e torna quem está com ele, doente. Acredito que com ela [Moranguinho] o grau foi mais elevado. Muita gente julga, mas só quem passa sabe o que é ir numa delegacia denunciar o pai do seu filho e ir pra casa correr os mesmos riscos", afirmou Branka.

Segundo a fotógrafa, Naldo costuma ser muito ciumento e ficaria descontrolado a ponto de agredir. "Ele tinha ciúme, sim, era muito ciumento, possessivo. O fato de ter amigo homem, trabalhar fora, roupa, independência... Eu não podia falar com homem no telefone, bonito, feio, não importava. Se ele estivesse do lado, era ele quem falava. Minhas amizades eram as irmãs dele, sair à noite, só com ele. Ele ficava muito bravo, mas só com a parceira, com os outros, não. Eu tinha medo, receio", disse.

Branka era esposa de Naldo quando, em 2010, o cantor iniciou caso extraconjugal com Moranguinho. "Ele era bravo e nunca foi fiel. A gente casou muito cedo, adolescente, não viveu. Eu tive o Pablo e ele foi viver. Eu desconfiava, algumas vezes eu tive certeza, mas a gente perdoa por causa da família, mas descobri algumas traições dele".

Apesar do desabafo, Branka afirmou perdoar as atitudes do ex. "Foi uma coisa que ficou lá atrás. Eu perdoo, mesmo, de coração. Não sinto nada, ele para mim é um estranho. De todo o mal que ele me fez, o pior foi pedir a guarda do meu filho e me expor."



  • Pax Primavera10
  • Dinâmica e solução tecnologias9