VÍDEO: vereadores não concordam com voto e brigam durante sessão em Câmara de MS


Midiamax

Dois vereadores brigaram durante a sessão de votação para a administração da Câmara Municipal de Maracaju. De acordo com a Polícia Militar (PM), um funcionário da Câmara ligou para a PM e pediu que fossem ao local por causa da briga entre os vereadores.

 

Ainda de acordo com a PM, quando os policiais chegaram o local não estava tendo briga e os supostos envolvidos não estavam mais no local. De acordo com o Site Maracaju Speed, a briga começou por causa dos votos de alguns parlamentares em relação a nova administração da Casa. Além de agressões houve também xingamentos e troca de ofensas.

 

Segundo o site Maracaju Speed, os vereadores Rodinei da Silva (PP) e Ludimar Portela (PP) não gostaram dos votos dos colegas Hélio Albarello (PMDB) e Beto Schwinn (PT). Segundo o site, Silva partiu para as agressões contra Albarello, eleito hoje presidente da Câmara.

 

Ainda de acordo com Maracaju Speed, o vereador Beto Schwinn teve que ser escoltado para fora do recinto para não ser agredido e assessores parlamentares se envolveram no empurra-empurra. A PM disse que não fez escolta de nenhum parlamentar.

 

 



  • Pax Primavera102
  • Dinâmica e solução tecnologias103