• FB22
  • Dinamica108
  • Leo Lanches65



Brasa Viva

Devanir Aparecido da Silva


O Preço do Resgate, o Corpo de um Filho Mui Amado



Publicado em : 29/05/2016



Entregou o Corpo de Seu próprio filho amado e para que tudo isso? Por que tudo tão puro e santo assim? Por que esse santo condenado a uma morte no madeiro como um maldito? Por que a coroação de espinho?

 

 

De acordo com o dicionário, Corpus Christi é uma expressão latina que significa o corpo de Cristo. Em muitas cidades, é costume ornamentar as ruas com desenhos de inspiração religiosa com o intuito de testemunhar, publicamente, a adoração e a veneração a Eucaristia na solenidade do corpo e sangue de Cristo, sendo um evento antigo, tradicionalmente, católico.

 À luz das sagradas escrituras é imprescindível e oportuno ressaltar e transcrever a cena da última Páscoa e Ceia para nossa reflexão e conscientização, pois este foi o momento em que Cristo demostrou pelos elementos pão e vinho qual seria o preço por nosso resgate, também, orienta que devemos sempre realizá-la em Sua memória.

 Quando chegou o momento, Jesus e os seus discípulos se reclinaram à mesa. Então, Ele lhes revelou: “Tenho desejado ansiosamente comer convosco esta Páscoa, antes da hora do meu sofrimento! Pois vos afirmo que não a comerei novamente até que ela se cumpra no Reino de Deus.  E, havendo pegado um cálice, Ele deu graças e ordenou: Tomai do cálice e partilhai entre vós; E, tomando um pão, havendo dado graças, o partiu e o serviu aos discípulos, recomendando: “Isto é o meu corpo oferecido em favor de vós; fazei isto em memória de mim”. Da mesma maneira, depois de cear, pegou o cálice, explicando: “Este cálice significa a nova aliança no meu sangue, derramado em vosso benefício. (Lucas: 22:14-20)

 Fica claro ao lermos esta passagem que o preço pela nossa liberdade e salvação não seria pequeno, mas sim, o mais caro que Deus se disporia a pagar pela humanidade, cada vez mais corrompida e comprometida física, espiritual e moralmente. Um Deus de amor que não queria nos perder eternamente e não o quer. Era preciso pão não levedado e vinho não fermentado (Cristo concebido sem pecado). O próprio Corpo de Seu filho amado e para que tudo isso? Por que tudo tão puro e santo assim?  Por que esse santo condenado a uma morte no madeiro como um maldito? Por que a coroação de espinho?

 Para lembramos que esse corpo foi oferecido em nosso favor esse sangue foi derramado em nosso benefício, ou seja, o ápice da vontade divinal. Cristo representando o coração de Deus, o coração do Pai pelo avesso, quanto amor!!! Basta considerar a nossa medida de amor e entrega por um filho. Por mais que façamos, jamais chegaremos a oferecer a vida de nossos filhos nem mesmo pelas causas mais altruístas do universo. Não é verdade?

 A história, a ciência e a bíblia comprovam que Cristo veio provar esse amor de Deus por nós e por quê? Porque Deus amou tanto o mundo, que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nEle crê não pereça, mas tenha a vida eterna. Pois Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que julgasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por meio dEle. (Jo 3:16-17). Concretize-se, amigo leitor, nosso valor excede a todos tesouros do mundo, reunidos. Nosso resgate veio do céu. Cristo nos salvou pagando nossa dívida adquirida pela desobediência humana. Cabe agora reconhecer que pelo preço que pagou, Cristo tornou se o único caminho para achegarmo-nos ao Pai. (Jo 14:6). Está consumado. E o que cabe a nós agora, diante dessa tão grande demonstração de amor, diante desse tão alto preço de regate, é o RECONHECIMENTO E CONFISSÃO.

 Porque, se com a tua boca confessares Jesus como Senhor, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo; pois com o coração é que se crê para a justiça, e com a boca se faz confissão para a salvação. Mais importante que lembrar a data do Corpus Christi, demonstrando publicamente o que representa, é sentir no coração o que representou esta entrega do Pai por mim, por nós, filhos dele, para que esta lembrança não seja proforma, algo meramente diplomático para que as pessoas vejam a nossa fé, mas que, sobretudo sintamos, intimamente, a importância da nossa vida, por vezes oprimida por tantas coisas, por não reconhecermos o valor do Corpo de Quem morreu por nós.

 Que Deus abençoe a todos em nome de Jesus nosso único Senhor e Salvador.




enquete

Quem será o campeão do Brasileirão 2017?

  • Corinthians - SP
  • Palmeiras - SP
  • Santos - SP
  • Grêmio - RS


PUBLICIDADE
  • Pax Primavera102
  • Dinâmica e solução tecnologias103
PUBLICIDADE PUBLICIDADE